Faça uma pergunta
Tecnologia, Materiais

Como o polipropileno expandido está mudando o setor automotivo?

10 setembro 2019

Apesar da tecnologia de produzir o EPP ser recente, sua aplicação está crescendo muito no setor automotivo. As propriedades físicas e químicas do polipropileno e as tecnologias de produção modernas estão ampliando a aplicação deste material no design dos carros.

Polipropileno expandido EPP
Polipropileno expandido EPP.

O objetivo original da criação do EPP surgiu da necessidade de substituir as espumas rígidas de poliuretano porum material que, no processo de produção, não fosse antiecológico, nem difícil de ser descartado. Na década de 80, o polipropileno expandido foi usado pela primeira vez na fabricação de carros , como um componente do para-choque. No entanto, ele apresentou propriedades como a absorção de altos impactos e nenhuma deformação ou destruição, mesmo após contínuas colisões. Desde então, todas as partes do carro relacionadas a segurança dos passageiros - encosto de cabeça, cadeirinhas infantis e enchimentos das portas (para absorver os impactos laterais) - foram fabricadas com este material. Mas a sua aplicabilidade não termina aqui. Outras propriedades do poliuretano expandido incluem uma alta plasticidade, excelente isolamento térmico e leveza, o que permite reduzir o peso do veículo. Por conta disso, são criadas continuamente formas novas e minuciosas de aplicação do polipropileno no setor automotivo.

Semelhanças e diferenças na aplicação do polipropileno expandido e do poliestireno

O poliestireno expandido (EPS - Expanded Polystyrene Plastic) é um material muito popular no setor automotivo. Pela sua propriedade de isolamento térmico, ele também é utilizado na fabricação de embalagens de proteção e transporte. Enquanto isso, o EPP é frequentemente considerado uma matéria-prima para usos específicos no setor industrial. Sua aparência é semelhante à do EPS, por ser também um poliestireno expandido, no entanto, suas similaridades terminam aqui. A tecnologia de produção do EPP é mais complexa. Na produção da espuma de poliestireno, os grânulos são aquecidos a vapor, havendo um aumento de até 50 vezes do seu tamanho original. No entanto, a produção de EPP envolve a combinação da resina de polipropileno com outros componentes químicos,resultando na espuma produzida. Estes aditivos no polipropileno expandido garantem alta resistência contra impactos e grande capacidade elástica que permite o retorno ao formato original.

Cinco componentes automotivos feitos de EPP que você certamente conhece

Caixas de ferramentas funcionais e duráveis
Caixas de ferramentas funcionais e duráveis.

Dependendo da aplicação, o EPP pode ser fabricado em diferentes densidades. Na Knauf Industries, temos uma ampla variedade de densidades dos componentes automotivos que varia de 15 a 250 gramas por litro.

A seguir, listamos as principais peças automotivas onde o EPP está presente:

  • Encostos de cabeça frontais (equipamentos veiculares obrigatório desde 2018, eles não deformam em situações de impacto e protegem a coluna cervical em casos de acidentes).
  • Apoios de pé (garantem o posicionamento correto dos pés do condutor, evitando problemas de circulação sanguínea, fadiga muscular ou dores nas costas).
  • Preenchimento dos encostos de cotovelo (apoio confortável para o braço do condutor, em um formato que evita cãibras e dores).
  • Componentes do assento traseiro (maior conforto e segurança aos passageiros e contribuição para a criação de uma área luxuosa de relaxamento).
  • Caixas de ferramentas (transporte seguro de ferramentas e acessórios) Graças às possíveis moldagens do EPP, os componentes podem ser facilmente adaptados ao interior do veículo.

Além de ser altamente moldável, este material pode ser combinado com outros tipos de plásticos e tecidos, refletindo uma produção mais econômica de vários materiais com as propriedades funcionais e estéticas esperadas.

Confira também: Qual material escolher para embalagens retornáveis automotivas?

O futuro do EPP no setor automotivo

As peças automotivas feitas de EPP possuem ótimas propriedades de isolamento térmico e podem ser combinadas com outros materiais.
As peças automotivas feitas de EPP possuem ótimas propriedades de isolamento térmico e podem ser combinadas com outros materiais.

Atualmente, o setor automotivo é o maior consumidor de espumas EPP. À medida em que as leis americanas se tornaram mais rigorosas e surgiram novas regulamentações sobre a reciclagem de veículos sem uso, a demanda pelo EPP aumentou. O uso de componentes automotivos feitos de EPP reduziu o peso total de um veículo em mais de 10%. Graças a isso, é possível reduzir o consumo de combustível em 7%, enquanto o uso de materiais recicláveis no veículo só aumenta. O mercado do polipropileno expandido cresce ativamente Há três anos, seu consumo era de aproximadamente 135 mil toneladas. De acordo com estimativas, ele vai alcançar 200 toneladas em 2020. A leveza, isolamento térmico e capacidade de absorção de energia do EPP o tornam uma peça-chave na fabricação de carros elétricos, expandindo ainda mais seu crescimento no setor automotivo. Os designs dos carros elétricos precisam ser leves para reduzir o consumo energia no funcionamento do motor. Os painéis de porta, revestimentos e tapetes feitos de polipropileno expandido mantêm constante a temperatura do ar na cabine e criam a condição ideal para o funcionamento da bateria. Graças a sua força mecânica, as peças automotivas de EPP possuem resistência mecânica, garantindo estabilidade, proteção e rigidez, enquanto reduzem o peso do veículo. Tudo leva a crer que esta espuma plástica, leve e resistente, não só contribui na transformação dos veículos, como também pode ser um “combustível” para a próxima revolução no setor automotivo.

Precisa de suporte?

Faça uma pergunta.

Política de cookies

Este site usa cookies. Ao continuar a navegar no site, você concorda com o uso de cookies.
Descubra mais | Perto

 

Contato

Faça sua pergunta em uma pesquisa individualizada e vamos lhe dar uma resposta detalhada, em qualquer país/região onde você precisar de nosso apoio.