Faça uma pergunta
Futuro, Indústria Automotiva, Materiais

Longo caminho para a reciclagem de plásticos na indústria automotiva

30 abril 2020

A Ford chamou a atenção da imprensa internacional e da indústria automotiva quando, em junho de 2018, anunciou que cada um de seus veículos contém 250 garrafas de plástico reciclado, o que representa a reutilização de 1,2 bilhões de garrafas por ano.

No ano anterior, a Volvo havia assegurado que pelo menos 25% dos plásticos usados ​​na fabricação de carros seriam reciclados em 2025, de acordo com o plano ambiental apoiado pela ONU. A empresa sueca incentivou os fornecedores automotivos a cooperarem mais estreitamente com os fabricantes para desenvolver a próxima geração de componentes o mais sustentável possível, com foco especial no uso de plásticos reciclados.

Hoje, uma das principais tarefas da Knauf Industries Automotive é desenvolver processos industriais sustentáveis que resultem em materiais cada vez mais ecológicos. Por isso, criamos o IDLab, que nos permite fornecer peças de poliestireno expandido (EPS) ou Airpop recicladas para clientes automotivos.

Os componentes de plástico reciclado da Ford são usados para proteger o chassi do carro e para cobrir os arcos das rodas dianteiras e traseiras. Eles melhoram a aerodinâmica e podem ajudar a melhorar o isolamento acústico.

O uso de plástico reciclado em carros não é novidade. A Opel faz isso desde 1990. O modelo Calibra já continha quatro tipos de materiais reciclados que foram incorporados aos quadros dos faróis e ao defletor de água, acessórios para para-choques e até mesmo um cala de admissão.

Grande potencial do polipropileno

O Grupo Renault também se dedica ao uso de materiais reciclados. Desde o lançamento do modelo Megane II, no final de 2014, ele possui 30% de componentes feitos de materiais reciclados. Em março de 2019, a gigante automobilística francesa publicou um estudo "Polipropileno de circuito fechado, uma oportunidade para o setor automotivo", que destaca o enorme potencial desse polímero como fonte de suprimento para a indústria automobilística, considerando também a garantia de atender aos requisitos do regulamento europeu sobre a recuperação de materiais de veículos que atingiram o fim de sua vida útil.

Deve-se lembrar que, de acordo com a Diretiva 2000/53 / CE, a partir de 1 de janeiro de 2015 os fabricantes são obrigados a reutilizar 95% dos veículos no fim de sua vida útil: 85% dos materiais de que são fabricados e os 10% restantes para produzir energia.

A pesquisa, publicada pela Field Action Science Reports, mostra que em 2015 os derivados de plástico representaram 17% do peso dos carros (12% para polímeros e 5% para elastômeros) e que a previsão para 2030 indica que essa proporção aumentará para quase 20 % (15,6%, polímeros). O peso médio dos carros será reduzido de 1250 para 1123 kg e conterão 25 kg adicionais de plástico. O desafio é aumentar significativamente a quantidade de materiais reciclados.

A pesquisa descreve em detalhes o projeto Renault, que tem como objetivo desenvolver uma economia em circuito fechado, recuperando o polipropileno dos para-choques e dos revestimentos dos arcos das rodas, para que possa ser usado na produção de novas peças plásticas de automóveis. A presença de polipropileno expandido (EPP) em componentes automotivos, dos quais a Knauf Industries Automotive é um dos principais fornecedores, está aumentando constantemente devido a inúmeras vantagens em termos de leveza e maior segurança. Os produtores europeus consomem mais de um milhão de toneladas de polipropileno por ano.

O valor recuperado para reutilização aumenta a cada ano. Como por exemplo, 680 toneladas de polipropileno foram recicladas pelos centros de processamento franceses de VLE em 2015, correspondendo aos para-choques e arcos das rodas de 42.000 veículos.

Investimento em eficiência energética e desenvolvimento sustentável

A indústria espanhola de autopeças, uma das mais poderosas do mundo, está comprometida com os objetivos europeus de descarbonização da economia e dos transportes. De acordo com a Associação Espanhola de Fornecedores Automotivos (SERNAUTO), da qual a Knauf Industries Automotive é membro, este setor investiu em 2018 1.545 milhões de euros (4,2% de seu faturamento) em pesquisa e desenvolvimento de soluções tecnológicas que possibilitam o design de produtos cada vez mais eficientes e veículos sustentáveis.

Uma solução é aumentar gradualmente a utilização de plásticos reciclados, embora um estudo desenvolvido pela Renault mostre que os processos de recuperação precisam ser aprimorados para serem mais eficientes e obter produtos finais de alta qualidade a um custo que possa competir com os preços das matérias-primas primárias.

As principais dificuldades dizem respeito à separação dos diferentes componentes dos quais são compostos e à eliminação de odores e impurezas para produzir grânulos reutilizáveis de alta qualidade.

Em 2019, a Associação da Indústria de Plásticos desenvolveu um projeto para demonstrar a capacidade de reciclagem de para-choques termoplásticos. Os resultados são muito promissores para novos componentes reciclados. A organização americana confirma que existe uma tecnologia e um mercado para reciclagem de plásticos, como EPP de carros, e ressalta o interesse das marcas em incorporá-las aos processos de design e produção.

Embora o potencial de reciclagem de plásticos no setor automotivo tenha sido demonstrado por inúmeras pesquisas e sua aplicação em processos industriais, ele ainda precisa superar certa resistência, também entre os fabricantes. Por exemplo, na Convenção do Instituto Americano de Indústrias de Reciclagem de Sucata (ISRI) em 2017, a Toyota apontou como um dos problemas a serem superados que o material reciclado é de menor qualidade. Portanto, para poder oferecer tais soluções, as empresas devem atender às especificações técnicas e aos requisitos de qualidade e oferecer desempenho de entrega constante.

A conscientização do setor e o compromisso com a inovação tecnológica são a base para a construção de uma indústria automotiva sustentável.

Volvo XC-60 com plástico reciclado - Knauf Industries

Precisa de suporte?

Faça uma pergunta.

Política de cookies

Este site usa cookies. Ao continuar a navegar no site, você concorda com o uso de cookies.
Descubra mais | Perto

 

Contato

Faça sua pergunta em uma pesquisa individualizada e vamos lhe dar uma resposta detalhada, em qualquer país/região onde você precisar de nosso apoio.