Faça uma pergunta
Indústria Automotiva, Tendências, Espumas plásticas

A música acalma a fera selvagem - importância de antirruídos no interior do automóvel

30 junho 2020

Pesquisas científicas comprovaram que ouvir música adequadamente selecionada enquanto dirige alivia o estresse do motorista e, portanto, reduz as emoções na estrada. No entanto, um bom sistema de áudio não é suficiente para alcançar esse efeito. Também é necessário otimizar o isolamento sonoro da cabine, que pode ser fornecido por componentes feitos de espumas modernas de EPP usadas em sua concepção.

Car music relieves stress behind the wheel.
A música do carro alivia o estresse ao volante. 

O tráfego e o número crescente de carros de alto desempenho tornam os motoristas cada vez mais expostos ao estresse. Para os menos experientes, não apenas as condições da estrada podem ser uma fonte de estresse, mas também a própria direção. Esses foram os motoristas com os quais um grupo de cientistas da Universidade Estadual de São Paulo, em María, no Brasil, da Universidade Oxford Brookes, no Reino Unido, e da Universidade de Parma, na Itália, realizaram um estudo para tocar música enquanto eles dirigiam em horários de pico. O experimento mostrou que a música instrumental reduz as flutuações da frequência cardíaca e, assim, elimina os efeitos nocivos do estresse na saúde.

No entanto, não há dúvida de que sons indesejados e irritantes têm o efeito oposto sobre os motoristas, independentemente de sua experiência. De acordo com uma pesquisa do Instituto Nacional Americano de Saúde e Segurança Ocupacional, o ruído aumenta o estresse e a secreção de cortisol, que por sua vez podem ter um impacto negativo nos processos de planejamento, pensamento e tomada de decisão, que são cruciais para a segurança. Por esse motivo, os fabricantes da indústria automotiva estão trabalhando para, por um lado, isolar efetivamente uma cabine de carro, e por outro, desenvolver sistemas de áudio para automóveis que garantam a melhor qualidade possível de música.

Ruído no carro e suas fontes mais frequentes 

O principal "gerador" de ruído é o motor que opera sob o capô, cujo princípio de operação se baseia nas explosões da mistura combustível-ar. A segunda fonte mais frequentemente mencionada é o ruído das rodas e as vibrações transmitidas pelos elementos da suspensão. Esses sons perturbadores se tornam mais intensos, especialmente quando o carro é conduzido em superfícies irregulares. O terceiro fator, embora só possa ser sentido ao dirigir em altas velocidades, é o fluxo de ar, que é resistido pelo capô de um carro em alta velocidade. Os sons da rua e do trânsito são os próximos na lista.

Obviamente, os sons mais próximos do ouvido do motorista, ou seja, aqueles que vêm de dentro do próprio carro, não podem ser deixados de lado. Isso inclui o ruído do ar condicionado, o rangido dos elementos vibrantes do cockpit ou, finalmente, o volume e a qualidade do som gerado pelo rádio do carro. Como a pesquisa mostra, o último desses fatores geralmente é percebido pelos motoristas como positivo, é claro, a menos que esteja obstruído por outros ruídos.

Portanto, por que vale a pena procurar a música perfeita para o seu carro? 

Floor fillings made of expanded polypropylene have excellent damping properties.
Os preenchimentos de pisos de polipropileno expandido têm excelentes propriedades de amortecimento.

Pesquisas realizadas pela marca SEAT mostram que mais de 53% dos motoristas acreditam que ouvir música no carro faz com que se sintam bem durante todo o dia e 42% deles ouvem música para reduzir seus níveis de estresse. Obviamente, o tipo de música que você ouve é importante - dependendo do andamento, ritmo, volume ou complexidade, pode ter um efeito calmante ou estimulante.

Os motoristas costumam acessar listas de reprodução de carros compostas por músicas conhecidas e atemporais, que fornecem cenário não perturbador para a atividade principal, que é dirigir. A qualidade do som é igualmente significativa. Os fabricantes de sistemas de som para automóveis, como Harman Kardon, Bose ou Bang & Olufsen, ainda estão trabalhando em inovações, pois o equipamento de áudio para automóveis deve compensar qualquer possível falta de isolamento acústico no interior do carro.

Fabricantes da indústria automotiva os "retiram" de materiais pesados e à prova de som para reduzir seu peso e combustão. Por esse motivo, os sistemas ativos de redução de som estão se tornando cada vez mais usados nos carros, por exemplo, cuja operação se baseia na emissão de anti-ondas para remover ruídos indesejados, mas essas soluções são caras. Portanto, a solução mais eficaz parece ser um sistema passivo de redução de som, ou seja, isolamento acústico da cabine com a ajuda de componentes de automóveis feitos de plástico inovador com propriedades de amortecimento.

Antirruído no automóvel - que tipo de materiais devem ser utilizados? 

Car components from the EPP to the luggage boot eliminate the noise coming from the car.
Os componentes do carro, desde o EPP até o porta-malas, eliminam o ruído do carro.

A quantidade de ruído que chega aos ouvidos do motorista é determinada, entre outros fatores, pelo design do carro e pelas soluções utilizadas, como isolamento com vidro, maior isolamento acústico ou materiais absorventes. Infelizmente, devido à necessidade de reduzir o peso dos veículos, estes são usados com menos frequência. A pesquisa do Oak Ridge National Laboratory mostra que uma redução de 10% no peso de um carro pode aumentar seu alcance em 7%, e antirruído tradicional geralmente pesa muito.

Portanto, além das novas soluções de construção, os fabricantes de automóveis procuram materiais novos, mais leves e mais versáteis que, ao mesmo tempo, permitam antirruído nos carros. Esse papel é perfeitamente adequado para o polipropileno expandido EPP, usado para produzir, entre outros, elementos de absorção de ruídos e vibrações do motor do cockpit ou dos revestimentos do piso, que eliminam os sons vindos do lado do chassi.

Os motoristas costumam reclamar do barulho que entra no cockpit do compartimento de bagagem. O uso de revestimentos de polipropileno expandido permite um amortecimento eficaz das vibrações. Ao escolher a densidade certa, esse material flexível pode ser facilmente adaptado em termos de parâmetros para atender aos requisitos de peso, resistência mecânica e propriedades acústicas. Quando utilizado no interior do automóvel, permite eliminar todos os sons indesejados provenientes do ambiente ou de configurações do interior do automóvel.

Precisa de suporte?

Faça uma pergunta.

Política de cookies

Este site usa cookies. Ao continuar a navegar no site, você concorda com o uso de cookies.
Descubra mais | Perto

 

Contato

Faça sua pergunta em uma pesquisa individualizada e vamos lhe dar uma resposta detalhada, em qualquer país/região onde você precisar de nosso apoio.